O verdadeiro amor

Ao se conhecerem, ele tinha 17 anos. Ela tinha15. Eram jovens esbanjando beleza. Cada dia que passava, o amor aumentava. Era intenso. O dia seguinte do outro, era como o primeiro. Ele a conquistava e a amava com toda ingenuidade e pureza da juventude, todos os dias. Os anos se passaram ele nunca a enganou. Era amor sincero. Eles eram dois em um só coração. Foi Deus quem os uniu. As alianças estavam firmadas no amor de Jesus.
Agora ele tem exatamente 87 anos. Ela está com 85 e é o mesmo amor de quando eles eram adolescentes. Eles passeiam pela praça sábado à tarde. Sentam-se no banco e vêem o chafariz jorrando água para cima e descendo, voltando a sua fonte. Admiram seus bis netos brincando ao redor deles. A alegria está nas conquistas, nas realizações. Na família reunida no sábado à tarde. Das lutas, porém, das vitórias também, que hoje eles podem contar aos seus filhos e netos. E das bênçãos que receberam de Jesus.
E hoje eles dizem: _ A beleza de um Jovem um dia acaba. Não seremos para sempre belos, como rosas em um Jardim. Enganosa é a beleza e vã a formosura. Isso um dia acaba. E o que resta é a alegria de uma vida com Jesus. Resta o amor, aquele sincero. O mesmo de quando eles se conheceram na juventude. A fidelidade prevaleceu e prevalecerá até que se rompa o cordão de prata e se quebre o copo de ouro. E será assim até que o pó volte a terra, como eram. E o espírito volte a Deus. Eram anciões, mas sabiam amar desde a mocidade, até os dias de hoje em sua velhice.


Ariana Braga

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

22 comentários:

Ariana Braga disse...

Eu escrevi isso, por que eu acho tão fofo quando eu vejo um casal de velhinhos. eu fico adimirada.

yasmin disse...

aaa qe liindo!'..

chelynhadarknesss disse...

Mto lindo....
O amor quando e verdadeiro dura bastante,espero um di encontrar alguem assim pra pasar os dias de minha vida comigo.
BJusss

PROTEUS disse...

Que seja.
Que seja para sempre
mesmo que esse sempre
seja amanhã...
Amar pode ser eterno
Em duas horas.
Em dois dias.
Em dois anos.
Em dois milhões de anos.
Eterno enquanto durar
o amor nos dois...

PROTEUS disse...

Mesmo não tendo haver
Mas tendo, gostaria de te oferecer mais uma das minhas Centelhas. Essa é a "2"
Já viram a beleza de Deus ?

CENTELHA 2
Nas pequenas coisas Deus brilha
e sorri para quem quiser ver.
No soluço de um coração triste,
num beijo sensual de um casal,
no balançar das folhas de uma árvore.

A beleza de Deus brinca
conosco no latido e um cão
ou no sono de um trabalhador
ou no suor de um corredor.

A beleza de Deus eu sinto em tudo.
A beleza de Deus está até mesmo nas mãos
estendidas de um mendigo
e no avanço de uma mão comovida.

A beleza de Deus eu sinto
no cheiro de uma rosa
ou no perfume característico
das fezes humana.

Eu vejo a beleza de Divina no cotidiano
nervoso da cidade
e choro de emoção com sua simplicidade.

A beleza de Deus é tão diversa, meus amigo.
é Tão linda
que passa despercebida.

Já viram a beleza de Deus ?

Eu vi.
Vi a beleza Divina em uma formiga
carregando uma folha
que de tão grande de vez em quando tombava.
Eu vi a beleza de Deus
no corte feito por um espinho
e o sangue puro em vermelho
ocupando o espaço.

Eu vi a beleza de Deus
na morte de um animal
e de suas entranhas a vida pulsando
em pequeninas formas.

Vi a beleza de Deus nas rugas
de um ancião prostrado sobre um banco
em sua calma acomodada.

Vi a beleza de Deus
nas léguas que faltavam
para chegar em casa.

Eu vi a beleza de Deus
em mim ...

Já viram a Beleza de Deus ?

Kenia Chan disse...

Isso me lembrou uma reportagem...

Ancara, 16 jan (EFE).- Eles têm 112 e 110 anos de idade, estão casados há 90, viram juntos a queda do Império Otomano, acompanharam o surgimento de novos países e sonham em continuar unidos até que a morte os separe.


A história do casal centenário formado por Abdullah e Elif virou símbolo de amor eterno na Turquia.


Abdullah Adiguzel, nascido em 1898, e sua mulher, Elif, nascida em 1900, se apaixonaram quando jovens e asseguram que nunca tiveram problemas no casamento em todo este tempo de convivência.


"Nos queremos muito. Nunca tivemos problemas em 90 anos. Só temos um último desejo: morrermos juntos. Porque se um de nós morrer, o outro sentirá que perdeu sua outra metade", explicou Elif à agência turca "Anadolu".


O filho mais jovem do casal, Ismail, de 60 anos e que ainda mora com eles, afirma que os pais são um "exemplo de amor" e de "casamento perfeito", não só para a família mas para todos que os conhecem.


"Sempre foram fiéis. Nunca vi fazerem mal um ao outro. Frequentemente dizem que, se um deles morre, o outro lhe seguirá" explica o filho.


Elif, muito mais faladora do que seu marido, afirma que se "casaram por amor".


Um amor que tem reflexos de continuar por muito tempo ainda. "Meu marido não ouve bem já faz alguns anos, mas este é o único problema de saúde que tem. Em meus 110 anos de vida, a única cirurgia que fiz foi de cataratas", explicou Elif.


A mulher deu à luz dez filhos, dos que sete ainda estão vivos. A família continua aumentando e soma 113 membros entre netos e bisnetos e, cada ano, em algumas ocasiões especiais e durante as festas religiosas, todos se juntam no pequeno povoado de Yazibasi, na província oriental de Malatya, onde vivem Elif e Abdullah.


O homem completará 113 anos no mês que vem e conserva vivas lembranças de tempos muito antigos. Tanto ele como sua mulher nasceram quando seu país era ainda Império Otomano e juntos viveram a queda dos sultões, a fundação da moderna República da Turquia e várias guerras.


Por exemplo, Abdullah se recorda perfeitamente da Primeira Guerra Mundial e de como, anos depois, em 1920, fez o serviço militar em Dardanelos, e teve de cavar novas trincheiras onde ainda permanecia viva a destruição de uma das batalhas mais sangrentas da Primeira Guerra Mundial.


"Estou muito feliz com minha mulher. Ambos nos apoiamos em tudo ao longo de nossas vidas", conta.


O simpático casal acha que o segredo de sua longa vida está na alimentação natural e saudável que sempre tiveram.


"Comemos coisas do povo. Antes, tudo tinha seu próprio sabor. Mas nos últimos anos já não encontro esses velhos sabores. Deixei de comer verduras porque cheiram a remédios. Acho até que o pão que fazemos em casa não é igual ao de antes", explica Elif.


Provavelmente há um grande amor no casal de Yazibasi, mas também é certo que, nos povos da Anatólia rural, os casamentos duram até a morte de um, como demonstra um dos refrães dessa geografia: "Entrarás à casa de teu marido com um vestido branco de noiva, mas só sairás envolvida em uma branca mortalha".


No entanto, a história de Elif e Abdullah, talvez lhe cole mais o desejo que se formula aos casais nas bodas tradicionais da Anatólia: "Bir yastikta kocayin", o que significa: "Envelhecei com vossas cabeças sobre um só travesseiro". EFE

Kenia Chan disse...

Quero ficar velhinha com um certo rapaz...

Kenia Chan disse...

Surpreendente será minha resposta...
"Quem é esse rapaz?"

Kenia Chan disse...

To carente, vou ficar postando comentarios aqui para sempre...

Kenia Chan disse...

Eu queria ser 3 Kenias para mim levar 3 vidas, ter três trabalhos, ter 3 maridos, ter 3 familias, ter 3 fontes de renda, ter 3 blogs, ter 8 filhos, ter 3 casas e estudar 3 coisas diferentes...

Kenia Chan disse...

ARIANA AMO VC!

Paulo Patux disse...

Pitaco do Patux. Para mim, três sentenças definem o que é AMAR: (e sem precisar de nenhuma religião-bengala, logo alterei uma delas)

- "A alegria está nas conquistas, nas realizações. Na família reunida no sábado à tarde. Das lutas, porém, das vitórias também, que hoje eles podem contar aos seus filhos e netos."

- "A beleza de um Jovem um dia acaba. Não seremos para sempre belos, como rosas em um Jardim. Enganosa é a beleza e vã a formosura. Isso um dia acaba."

- "Ele a conquistava e a amava com toda ingenuidade e pureza da juventude, todos os dias. Os anos se passaram ele nunca a enganou. Era amor sincero. Eles eram dois em DOIS corações." (respeitando o fato de que DUAS pessoas só se amam realmente quando se respeitam como DUAS pessoas, com suas próprias características)

É isto!! Até!

Lustosa disse...

casamento era pra ser assim...

Ariana disse...

quando eu digo um só coração. POR QUE É NO AMOR DE JESUS. por isso.. seria um só sentimento. Dããã

Ariana disse...

quem não conhece o verdadeiro amor, não sabe o sentido de amar.

PROTEUS disse...

Aproveitando... Queria responder para uma pessoa: Meu segundo nome é "Certo", sobrenome "Rapaz"

José Paulo disse...

Ariana, gostei muito da história, realmente você é muito talentosa para escrever e compôr. O fato de você ter tirado algumas frases de Eclesiastes 12 e fazer a história girar em torno de princípios biblícos como o amor enriqueceu muito o texto.
Eu li a conversa entre você e o Raul acima e gostaria de te aconselhar a não perder tempo em discursões que não vão levar a nada. As vezes a melhor resposta é o silêncio, para não corrermos o risco de falar o que Jesus não falaria em nosso lugar. Em Efésios 4:29 diz: "Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem."
Não poderia terminar o comentário sem repetir que eu amei a história. Ainda vou ler um livro seu, rs...
Beijos !!!!!!!

PROTEUS disse...

A verdade é que como dizia o grande mestre:
Não se deve jogar pérolas aos porcos...

Ariana Braga disse...

É que eu não consigo ficar quieta quando me ofendem. Mas agora eu vou ficar, moderei meus comentários. ele não irá mais me perturbar.

Thaís C disse...

Que lindo! Amei!
Eu sinceramente acho que a beleza está no amor e na fidelidade entre eles, depois de tanto tempo ainda serem tão apaixonados. Gostaria de viver uma história linda assim! *-*

Kenia Chan disse...

kkkkkkkkkkkkk eu ja passei por isso, meu blog parecia a casa da mãe joana kkkkk
mas agora ele se acalmou rsrsrsrs até o Patux ta comentando ai rs...
E o Proteus Chama-se Certo Rapaz agora. A Ariana comenta no CxBox com o nome de Raul e o Raul com o nome de Ariana kkkkkkkkkkkk

Fernanda Valente disse...

Que texto maravilhoso. Quero viver neste amor com o meu esposo pelo resto das nossas vidas, um amor fortalecido em Jesus. Só assim existe amor...

um beijo grande minha querida!

Postar um comentário