Para onde foi a inspiração?

Para onde foi minha inspiração?
Onde será que ela se escondeu?
As letras sobrevoam junto com o vento que as embaralham.
Estar impossível de formar palavras,
Nesse ambiente tão obscuro e confuso.
Indecifrável...
Formou-se uma Ininteligível palavra repentinamente.
Quero percorrer meus olhos nestas letras que se uniram.
Meu coração aflito quer enxergar a solução desse enigma.
Onde será que eu acendo a luz? Talvez não haja aqui.
É como se fosse um cubo sem ângulo, sem face.
Vejo-me de cabeça pra baixo, nesse hiato envolvente.
Mas, por um eminente instante, um raio de luz, como se fosse um flash passou diante de mim.
Um clarão de luz radiante se formou por alguns instantes eu pude decifrar o que estava oculto aos meus olhos.
Era uma palavra que se referia a uma lacuna existente, carência, escassez de um sentimento.
Eis o motivo da ausência de inspiração.



Ariana Braga

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comentários:

Raul Chan disse...

tudo nessa vida é uma ilusão dentro de uma ilusão criada por reflexos de outras pessoas que batem em você e voltam pra eles, cada um tem um pedaço de outro dentro de si, todo mundo é uno com o universo, e ao mesmo tempo tão individual que podia ser o universo sozinho.

Lustosa disse...

ta aí a inspiração...bom texto!!

Marcus disse...

Muitas vezes as palavras parecem que somem de nós!

Postar um comentário