A carta.

Essa carta é um exercício de filosofia onde meu professor: Marcos Otávio, ao qual eu gosto muito, pediu para fazer-mos. Tínha-mos que escrever uma carta para nós mesmo em relação a nós, sobre nosso "EU".

Resolvi postar aqui, como um momento: Escrevi uma carta pra mim mesmo.

Por: Ariana Braga
3ª versão.
Corrigido por: Kenia Chan


 
23 de outubro de 2009
  
Olá Ariana,

       Estou lhe escrevendo esta carta para tentar demonstrar como você está ultimamente. Anda muito incompreensível com aqueles que você convive todos os dias.

       Não sei por que você anda assim. Talvez esteja achando que você está certa e todos errados. Mas não é bem assim. Tens que tentar entender o porquê de tantos porquês. Afinal de contas ninguém é igual a ninguém.
       Se você é atenta, dedicada, e até mesmo esforçada, não significa que todos têm que ser iguais a você! Seja mais compreensiva e pare de pensar que só você é capaz de fazer as coisas direito e bem feitas. Todos são! Ariana. Basta dar oportunidades a cada um. Seja menos orgulhosa e egoísta isso não vai te fazer bem não e nem aos próximos. Seja menos perfeccionista, afinal, nada é perfeito, basta fazer as coisas conforme são e não do jeito que você quer: ‘’o melhor’’.
       Fique atenta também a sua ingenuidade. Você às vezes não vê maldade nas coisas e acaba se dando mal muitas vezes. Ariana, as pessoas mentem e tem muita gente nesse mundo que não gosta de ver as pessoas felizes. Infelizmente é a realidade! Quantas vezes você já se deu mal por acreditar em todos? Então reflita melhor sobre isso! Afinal de contas, errar uma, duas vezes, ainda vai, mas continuar errando é burrice minha querida!
       Percebi também que está abrindo mão de muitas coisas por pessoas que você até ama, porém, não te dão o valor suficiente pelo que você faz por elas. Você abre mão das coisas que poderiam te fazer feliz no futuro, por pessoas que não têm gratidão por você.
       Eu sei Ariana que faz isso por gostar de ver as pessoas ao qual gosta felizes. Mas não pode abrir mão da sua própria felicidade, afinal, o que você ganhou com a ultima vez que você abriu mão? Nada! A pessoa só estava te pressionando psicologicamente para que você não buscasse a sua felicidade. E a outra na verdade não almeja o mesmo que você, como dizia a própria. E acabou não conquistando o que queria, por causa disso.
       Não faça, mas isso, se não eu vou ter que mandar outras cartas até você parar de deixar pra trás oportunidades ao qual não deveria ter perdido nunca.
       Ariana... Invista. Lute. Continue correndo atrás daquilo que realmente importa. Eu sei que você não desiste fácil das coisas, quando não abre mão para outras pessoas. Eu sei que gosta de se esforçar, mas você esta precisando se esforçar mais para o vestibular. Tem se importado com muitas outras coisas, e deixando isso um pouco de lado.
       Talvez pense que está nova ainda, e tem muita coisa pra fazer, e se sente cansada em relação a ter tantas responsabilidades. Mas tudo bem, tudo tem seu tempo, se não for para ser agora, com certeza conseguirá na próxima, só não desistir e se esforçar mais.
       Tire mais tempo para sua família, seja mais amiga e companheira. Aproveite o máximo e sempre com juízo a sua vida.
       Lembre-se a vida nos oferece muitas coisas. Boas e ruins. Só cabe a nós usar as coisas boas e cada dia aperfeiçoar-se em relação às oportunidades. Não deixe escapar mais nada que irá lhe fazer bem futuramente.
       Por isso, viva, aproveite e ame muito. Pois viver é preciso e antes que venha o final da vida, aproveitar é ótimo em relação à vida, e amar é fundamental enquanto se vive.
  
Um Abraço!

Ariana Braga.





ps. os . pequenos são vírgulas é que essa fonte é esquisita.
Agradeço a Kenia por ter me ajudado na correção da carta. Te amo Kenia.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

9 comentários:

Natália Ferreira disse...

nodda ari que loucura eu tbm tenho que fazer esse exercicio do professor de filo ! aien eu num tenhu ideia de como vai ficar o meu...lindo o seu ari te amo beju

Ariana disse...

seila é estranho agente escrever pra nós mesmo. rsrssrssrrs

cн૯ℓуηнα disse...

nossa nina masi uma vez provando a que veio
e olha q tu veio com tudo em,Adorei o texto sobre vc msm,nao canso de elogia-la pois vc mereçe.
Bjuuuuuussss

José Paulo disse...

Mais uma vez demonstrando a sua capacidade de desenvolvimento textual, gostei do exercício. Ainda vou ler um livro escrito por você.
Beijos !!!!!!!

Kenia Chan disse...

No isso é muito legal, espero que você leia bem essa carta e conserte o que está errado!

Babih Xavier disse...

Aah eu amei a carta
vou tentar escrever uma pro meu EU
ahuahuahu

tayzão disse...

nhaaaa *-* ameeei vc é foda menine , to te seguindo (:

Kenia Chan disse...

Olá Ariana,



Estou lhe escrevendo esta carta para tentar demonstrar como você está ultimamente. Anda muito incompreensível com aqueles que você convive todos os dias.

Não sei porquê você anda assim. Talvez esteja achando que você está certa e todos errados. Mas não é bem assim. Tens que tentar entender o porquê de tantos porquês. Afinal de contas ninguém é igual a ninguém.

Se você é atenta, dedicada, e até mesmo esforçada, não significa que todos têm que ser iguais a você! Seja mais compreensiva e pare de pensar que só você é capaz de fazer as coisas direito e bem feitas. Todos são! Ariana. Basta dar oportunidades a cada um. Seja menos orgulhosa e egoísta isso não vai te fazer bem não e nem aos próximos. Seja menos perfeccionista, afinal, nada é perfeito, basta fazer as coisas conforme são e não do jeito que você quer: ‘’o melhor’’.

Fique atenta também a sua ingenuidade. Você às vezes não vê maldade nas coisas e acaba se dando mal muitas vezes. Ariana, as pessoas mentem e tem muita gente nesse mundo que não gosta de ver as pessoas felizes. Infelizmente é a realidade! Quantas vezes você já se deu mal por acreditar em todos? Então reflita melhor sobre isso! Afinal de contas, errar uma, duas vezes, ainda vai, mas continuar errando é burrice minha querida!

Percebi também que está abrindo mão de muitas coisas por pessoas que você até ama, porém, não te dão o valor suficiente pelo que você faz por elas. Você abre mão das coisas que poderiam te fazer feliz no futuro, por pessoas que não têm gratidão por você.

Eu sei Ariana que faz isso por gostar de ver as pessoas ao qual gosta felizes. Mas não pode abrir mão da sua própria felicidade, afinal, o que você ganhou com a ultima vez que você abriu mão? Nada! A pessoa só estava te pressionando psicologicamente para que você não buscasse a sua felicidade. E a outra na verdade não almeja o mesmo que você, como dizia a própria. E acabou não conquistando o que queria, por causa disso.

Não faça, mas isso, se não eu vou ter que mandar outras cartas até você parar de deixar pra trás oportunidades ao qual não deveria ter perdido nunca.

Ariana... Invista. Lute. Continue correndo atrás daquilo que realmente importa. Eu sei que você não desiste fácil das coisas, quando não abre mão para outras pessoas. Eu sei que gosta de se esforçar, mas você esta precisando se esforçar mais para o vestibular. Permenece distraída. Tem se importado com muitas outras coisas, e deixando isso um pouco de lado.

Talvez pense que está nova ainda, e tem muita coisa pra fazer, e se sente cansada em relação a ter tantas responsabilidades. Mas tudo bem, tudo tem seu tempo, se não for para ser agora, com certeza conseguirá na próxima, só não desistir e se esforçar mais.

Tire mais tempo para sua família, seja mais amiga e companheira. Aproveite o máximo e sempre com juízo a sua vida.

Lembre-se a vida nos oferece muitas coisas. Boas e ruins. Só cabe a nós usar as coisas boas e cada dia aperfeiçoar-se em relação às oportunidades. Não deixe escapar mais nada que irá lhe fazer bem futuramente.

Por isso, viva, aproveite e ame muito. Pois viver é preciso e antes que venha o final da vida, aproveitar é ótimo em relação à vida, e amar é fundamental enquanto se vive.



Um abraço!

Kenia Chan disse...

Você escreve relativamante bem, mas precisa parar de usar girias nesse tipo de texto. Por exemplo: Pro, pra, vê. Use "para o", "para a" e "ver"...

beijos! ta ai o que vc me pediu linda!

Postar um comentário